Tempestade Eletromagnética

porEquipe de Informática

Tempestade Eletromagnética

O eletromagnetismo negativo que compõe os campos magnéticos na atmosfera da Terra pode sofrer modificações contínuas por ações hipnóticas inferiores.

No Livro dos Espíritos o Codificador da Doutrina Espírita faz a pergunta ao Espírito Verdade sobre a ação dos Espíritos sobre os fenômenos da Natureza e o Espírito Verdade responde que sim, que vários Espíritos podem influenciar sobre uma Tempestade e assim sucessivamente.

A cidade de São Paulo, como qualquer outra, está vivenciando excesso de raios eletromagnetizados por falanges, que estão nessa região provocando o desequilíbrio nos elementos da Natureza.   Essas descargas também atingem o Sistema Nervoso Central – SNC dos habitantes, provocando reações de ansiedade, depressão, tremores involuntários nos médiuns sensitivos.

Nas crianças essas descargas provocam diarréia, alteração do sono, vômitos. Nos idosos essas descargas provocam dores musculares e labirintite. Nas gestantes essas descargas provocam hiperatividade do feto e, em alguns casos, partos prematuros, dores de cabeça.

As camadas eletromagnéticas negativas também provocam deslocamento de ar, porque milhares de seres encarnados e desencarnados estão vivenciando esses campos mentais. Essas descargas também podem provocar abalos na Terra, em determinadas regiões, sem contar ainda com a alteração de corrente elétrica nos neurônios cerebrais, tornando as pessoas mais alteradas emocionalmente.

Vamos respeitar a Natureza, para que esses seres (as falanges hipnóticas inferiores) não encontrem energias em nossas mentes para atuar sobre o nosso ambiente natural.

Data: 20.02.2013
Espírito: Dra. em Geografia Planetária – Hellen
Médium: Wandir Barbosa
Facebooktwittergoogle_plusmailFacebooktwittergoogle_plusmail

Sobre o Autor

Equipe de Informática administrator

Os autores destas postagens, fazem parte do voluntariado dos hospitais espirituais do nordeste vinculados ao Núcleo Central de Orientação de Medicina Espiritual do Nordeste.