Espíritas na folia

porEquipe de Informática

 Espíritas na folia

Dentro da responsabilidade que vos cabe, meditar no Evangelho de Jesus “O meu reino não pode ser dividido.” Amar o que faz dentro da responsabilidade que vos foi confiada pelo divino mestre Jesus. Espírita, vós tendes uma responsabilidade maior de conhecer e viver Jesus e resistir a todas as tentações. Cabe ao médium e sua consciência o advertir.

Quanto ao carnaval, o conhecimento deve ser fruto de responsabilidade mediúnica dentro e fora do recinto espírita. Juntar o joio com o trigo não é e nunca foi a proposta de Jesus. Lembrando o apóstolo Paulo quando diz “Tudo para mim é lícito, mas nem tudo convém”.

Espíritas consultem vossas consciências nos deveres morais que viestes praticar na Terra. O Carnaval é a alegria daqueles que ainda não conhecem a si mesmo, mas quando sair da perturbação infantil verão as marcas morais que cravaram em suas existências.

Espíritas, lembrem-se “A quem muito foi dado, muito será cobrado nessa e em outra existência”.

Espíritas, fostes chamados para socorrerem as condições imorais e reformarem os enfermos de almas entregues às fantasias carnavalescas que participam dos Bacanais de Herodes.

Espíritas, abracem a luz que Jesus colocou em vossos caminhos para romperem as trevas dos teus irmãos.

 

Mensagem do Dr. Bezerra de Menezes, psicografada pelo médium Wandir Barbosa, na sexta-feira, dia 02 de fevereiro de 2018.

Facebooktwittergoogle_plusmailFacebooktwittergoogle_plusmail

Sobre o Autor

Equipe de Informática administrator

Os autores destas postagens, fazem parte do voluntariado dos hospitais espirituais do nordeste vinculados ao Núcleo Central de Orientação de Medicina Espiritual do Nordeste.