O céu e o inferno na visão espiritual

porEquipe de Informática

O céu e o inferno na visão espiritual

Desde a infância, a imagem de céu e inferno é colocada na construção do ser social, de forma que, o céu é um local de paz e harmonia, e o inferno um local de dores, angústia e sofrimento. Nesse sentido, há muitos anos, esse é o cenário apresentado por várias religiões, nas quais foram definidos dogmas de ‘’ eternidade’’ tanto na alegria, como na punição, criando, assim, uma imagem adversa do amor e Justiça de Deus pelos seus filhos.

Entretanto, Allan Kardec, sob as instruções dos Espíritos Superiores, desmistificou essa ideia e retratou no Livro O Céu e o Inferno ou A Justiça Divina Segundo o Espiritismo, publicado em 1865, que estes locais são estados de consciência do espírito, ou seja, que o “céu” ou “inferno” começa dentro de cada um de nós, quando expressamos o equilíbrio ou a perturbação, a tristeza ou alegria, a paz ou o remorso pelo mal cometido.

É importante ressaltar que Deus não causa sofrimento a ninguém. A causa dos sofrimentos se dá pelo mal que fizemos aos nossos irmãos nesta vida ou em uma vida anterior, pois Deus, com seu amor infinito, nos concedeu o livre arbítrio. Logo, todos são responsáveis pelo caminho que escolherem.

Jesus nos disse: “Nenhuma das ovelhas que o Meu Pai me confiou se perderá” e “Ninguém entrará no reino dos céus se não nascer de novo’’, ou seja, proporciona a reencarnação como forma de pagarmos as dívidas e corrigirmos as falhas morais cometidas.

Os Espíritos vieram esclarecer a todos sobre a importância de um estado vibratório positivo, e a conduta moral com base nos ensinamentos do Cristo, pois será essa conduta que, por intermédio da nossa consciência, nos levará à perturbação ou à paz eterna.

Muita paz para todos!
Jovens Espíritas em Atividades Espíritas.

Referências:
Livro O Céu e O Inferno: Capítulos III e IV.
Livro dos Espíritos: Capítulo IX.

Facebooktwittergoogle_plusmailFacebooktwittergoogle_plusmail

Sobre o Autor

Equipe de Informática administrator

Os autores destas postagens, fazem parte do voluntariado dos hospitais espirituais do nordeste vinculados ao Núcleo Central de Orientação de Medicina Espiritual do Nordeste.